Perfeição Feminina
Sintomas de Infecção urinária

Infecção Urinária: Sintomas, Causas e Tratamentos

A infecção urinária é um problema de saúde que afeta principalmente as mulheres, causando dor, desconforto e, principalmente, muita preocupação.

Afinal, a mulher que suspeita estar com infecção urinária ou recebeu o diagnóstico de cistite fica cheia de dúvidas sobre como tratar o problema da forma adequada e evitar sua reincidência.

Neste artigo, explicaremos o que é a infecção urinária (também chamada de cistite ou infeção de urina), como identificar seus possíveis sintomas, como prevenir a infecção urinária e quais os tratamentos disponíveis para o problema.

ÍNDICE DE CONTEÚDO

O que causa infecção urinária

Bactérias na Urina

Infecção urinária é um termo popular para a infecção no trato urinário.

O trato urinário é composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra (essas duas últimas partes costumam ser as mais afetadas por infecções).

Utiliza-se o termo infecção de urina pela presença de bactérias na urina, já que este líquido em condições normais é estéril.

A infecção de urina ocorre quando bactérias que vivem naturalmente no intestino (a mais frequente é a Escherichia coli) chegam até o trato urinário e lá se instalam, dando início ao processo infeccioso que pode atingir somente a uretra, chegar até a bexiga ou mesmo afetar os rins.

A infecção urinária recebe diferentes nomes, de acordo com a parte do trato urinário afetada, são eles:

  • Cistite; quando há infecção na bexiga.
  • Uretrite; infecção da uretra.
  • Pielonefrite; quando os rins são afetados pela infecção.
  • Infecção nos ureteres (canais que levam a urina dos rins até a bexiga).

As mulheres têm maior tendência a desenvolver infecção urinária por sua uretra (localizada entre o clitóris e a entrada da vagina) ficar mais próxima ao ânus, o que facilita a contaminação por bactérias vindas dessa região.

Além disso, a uretra das mulheres é mais curta que a masculina, tornando mais fácil a chegada das bactérias até a bexiga.

A uretrite e a cistite, denominadas infecções urinárias baixas, quando não diagnosticadas e tratadas adequadamente, podem evoluir para quadros graves, de infecção nos ureteres e pielonefrite (infecções urinárias altas).

Infecção urinária: sintomas

Sintomas de Infecção de Urina

É importante conhecer e estar atenta aos sintomas que podem indicar a presença de algum tipo de infeção urinária.

Os sintomas de infecção de urina podem variar de acordo com a parte do trato urinário afetada e incluem:

  • Sensação de ardência ao urinar.
  • Urina escura, de aparência turva ou cheiro forte.
  • Dor no baixo ventre.
  • Aumento na frequência urinária (diurna e noturna).
  • Sensação de que a bexiga não se esvaziou completamente mesmo após urinar.
  • Presença de sangue na urina.
  • Febre.
  • Dor lombar.

Em alguns casos, a infecção de urina pode não apresentar sintomas.

Fatores que predispõem ao desenvolvimento de infecções urinárias

Embora a anatomia do corpo feminino explique a maior incidência de cistite e outros tipos de infecção do trato urinário em mulheres, há alguns fatores que podem aumentar o risco de desenvolver o problema.

Entre tais fatores, podemos elencar:

  • Relações sexuais frequentes, sobretudo sem uso de preservativo.
  • Uso de espermicidas e diafragma.
  • Menopausa.
  • Doenças que afetam os rins.
  • Baixa imunidade.
  • Uso de cateter por longos períodos.

Como prevenir a cistite e outras infecções do trato urinário

Como tratar infecção urinária

Algumas medidas podem ajudar a evitar o desenvolvimento da cistite e outros tipos de infecção de urina:

  • Cuide da higiene da região íntima. Ao se secar após fazer xixi, sempre passe o papel higiênico da frente para trás e use um novo pedaço se precisar limpar novamente. Também é aconselhável lavar a o ânus e o períneo antes de ter relações sexuais. Entretanto, não se recomenda o uso de sabonetes bactericidas na região íntima, pois eles acabam eliminando as bactérias que ajudam a proteger a região vaginal.
  • Beba muito líquido. Além de contribuir para a saúde geral do organismo, manter uma hidratação adequada (dando sempre preferência à água, claro) ajuda a aumentar a frequência e volume de urina. Cada vez que se urina, é feita uma limpeza do trato urinário, eliminando as bactérias que podem causar a cistite e demais formas de infecção. Os sucos verdes são uma excelente opção para quem busca hidratação, saúde e sabor.
  • Fortaleça sua imunidade. Ter uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes, praticar atividade física regularmente e beber muita água (repetimos) é um importante passo para manter seu sistema imunológico forte. Essa é uma das principais formas de prevenir infecções em geral, incluindo a cistite.

Outros cuidados:

  • Urinar imediatamente antes e depois das relações sexuais.
  • Evitar roupas muito justas, especialmente as de tecido sintético.
  • Preferir calcinhas de algodão.
  • Não usar protetores higiênicos diários.
  • Trocar absorventes internos (no máximo) a cada 3 horas.
  • Não usar espermicidas e lubrificantes vaginais.
  • Não fazer duchas vaginais.

Infecção urinária na gravidez

Infecção urinaria na gravidez

A ocorrência de infecção urinária na gravidez não é incomum, já que as alterações que surgem no corpo da gestante podem facilitar o desenvolvimento de bactérias no trato urinário.

O problema é que alguns dos sintomas de infecção de urina podem ser confundidos com fatos comuns durante o período gestacional, como urinar com mais frequência e ter dor na região lombar.

Por isso, a gestante deve estar atenta a quaisquer sintomas que possam indicar a presença de infecção urinária, já que, se não tratada precocemente, a cistite pode evoluir para quadros graves, além de prejudicar o desenvolvimento e a saúde futura do bebê.

A infecção urinária na gravidez, quando não tratada, pode acarretar as seguintes consequências para a grávida e o bebê:

  • Redução do crescimento do bebê no útero.
  • Baixo peso após o nascimento.
  • Asma na infância.
  • Parto prematuro.
  • Aborto espontâneo.

O diagnóstico é feito através do exame de urina e o tratamento em geral inclui o uso de antibióticos por um período que varia de 1 a 2 semanas, além de medidas para evitar a reincidência do problema.

Que médico procurar em caso de infecção urinária?

Em caso de suspeita de infecção urinária é indicado procurar um urologista, que é o médico especialista que cuida do trato urinário (em ambos os sexos).

O urologista não cuida exclusivamente do aparelho reprodutor masculino, como muitos pensam.

O clínico geral e o ginecologista também podem diagnosticar e prescrever o tratamento para infecções do trato urinário.

Diagnóstico da infecção de urina

O diagnóstico da cistite e outras infecções urinárias é obtido através do exame de urina.

O médico pode ainda solicitar um exame de cultura de urina para determinar o tipo específico de bactéria responsável pela infecção.

Como tratar infecção urinária

Antibiotico para infecção urinária

Após confirmar o diagnóstico de infecção, provavelmente o médico prescreverá um antibiótico para infecção urinária, já que este é o tratamento padrão da causa do problema.

Também pode ser indicado algum remédio para infecção de urina com o objetivo de aliviar seus sintomas, como dor, ardência e febre.

Entre os antibióticos mais usados como remédio para infecção urinária temos o Ciprofloxacino, Fosfomicina, Levofloxacino, Cefalexina, Amoxicilina, Ceftriaxona, Azitromicina e Doxicilina.

A duração do tratamento varia de 7 a 14 dias.

É importante seguir tomando o antibiótico mesmo depois que os sintomas tenham desaparecido, até completar período prescrito pelo profissional de saúde.

Lembrando que qualquer medicamento, sobretudo antibióticos, só devem ser usados sob prescrição médica.

O uso de antibióticos sem supervisão médica pode trazer graves consequências para a saúde.

Tratamentos naturais para a infecção de urina

Chá para infecção urinária

Embora na internet se encontre diversas supostas receitas de chá para infecção urinária e outros remédios caseiros, não há comprovação científica sobre a eficácia de tais métodos.

Entretanto, alguns remédios caseiros podem sim auxiliar no tratamento e prevenção da infecção urinária, como o bicarbonato de sódio e o suco de cranberry.

O suco de cranberry é rico em proantocianidina, um elemento que combate as bactérias do tipo E. coli, principais causadoras da cistite.

Já o bicarbonato de sódio promove uma alteração no PH da urina que dificulta a proliferação de bactérias.

*Ambos não substituem o tratamento convencional com antibióticos.

Cistite intersticial

Cistite intersticial

A cistite intersticial é uma doença crônica cuja causa ainda não foi precisamente identificada.

Ela provoca uma constante inflamação da parede da bexiga, que pode inclusive levar à sangramentos e formação de cicatriz.

Os sintomas da cistite intersticial incluem urinar mais de 8 vezes ao dia, dor no baixo ventre, sensação de peso e sensibilidade aumentada ao redor da bexiga e do períneo, dor durante as relações sexuais e agravamento desses sintomas no período menstrual.

Entre as alternativas de tratamento para a cistite intersticial estão alguns medicamentos, acompanhamento nutricional e psicológico, além opções cirúrgicas.

Infelizmente, nenhum desses tratamentos garante a cura da cistite intersticial.

Como vimos ao longo desse artigo, a infecção urinária é um problema que pode ser facilmente tratado e curado, desde que se procure a devida orientação médica assim que seus sintomas comecem a ser notados.

Muitos problemas graves de saúde se desenvolvem justamente pela demora do paciente em procurar ajuda médica, por falta de informação; isso se aplica aos casos de infecção de urina.

Mas depois de conhecer as causas, sintomas, prevenção e tratamento dessa infecção no trato urinário, você não corre esse risco!

Infecção Urinária: Sintomas, Causas e Tratamentos
5 (100%) 1 vote

Add comment

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.